HarboR Informática Industrial Ltda.
info@harbor.com.br
+55 (48) 3333-2249

O MES cabe no seu orçamento com o uso do SaaS

Blog

O MES cabe no seu orçamento com o uso do SaaS

Já vimos o que é o OEE e como OEE pode ajudar a aumentar o seu lucro, porém para obter o valor deste indicador na sua empresa com precisão os sistemas de MES – Manufacturing Execution System – são fundamentais.

Sistemas de MES tradicionalmente sempre foram muito caros de se desenvolver, implementar e manter. Por isso, sempre estiveram muito distantes das micro e pequenas empresas. A indústria 4.0 veio para derrubar esta barreira através da computação na nuvem, fazendo com que o SaaS no chão de fábrica seja uma realidade.

Veja abaixo como o uso dessas novas tecnologias podem ajudar a sua empresa a ter um sistema de controle de produção com um baixo risco e custo.

O que é SaaS?

SaaS é o acrônimo de Software as a Service (Software como serviço). A expressão surgiu no início dos anos 2000 e denomina um modelo de distribuição de software em que toda a infraestrutura de hardware e o próprio software estão sob responsabilidade do fornecedor. Nesse modelo, o cliente apenas paga uma “mensalidade” para acessar este softwarenormalmente via navegador web.

Com o avanço da computação na nuvem este tipo de aplicação é cada vez mais usada, superando os obstáculos que antes impediam o seu crescimento, como a velocidade, segurança e quantidade de dados trafegados. Hoje já é possível utilizar SaaS no chão de fábrica para implementar um sistema de MES.

Cloud-Computing-SaaS no chão da fábrica

Benefícios de utilizar SaaS no chão de fábrica

Ao implementar o MES através do modelo SaaS no chão de fábrica, é possível obter benefícios com a redução de:

Custos

Tradicionalmente, o desenvolvimento, implementação e manutenção de um sistema MES é bastante caro para a maioria das empresas de menor porte.

O paper Software-as-a-Service; A Comprehensive Look at the Total Cost of Ownership of Software Applications da SIIA (Software & Information Industry Association) cita que mais de 75% do orçamento de TI das empresas é utilizado na manutenção de sistemas já existentes. Anualmente as empresas chegam a pagar até 4 vezes o custo da licença dos seus softwares só para mantê-los e gerenciá-los.

O SaaS no chão de fábrica diminui muito estes custos, uma vez que toda a infraestrutura de servidores e hardware está fora da empresa contratante e sob responsabilidade do fornecedor do software. Além disso, correções e upgrades, tanto de hardware quanto software também ficam a cargo do fornecedor, que geralmente não cobra por estes serviços. Via de regra, com o SaaS o cliente não precisa nem ter um setor estruturado de TI, já que ela será mera “usuária” de um sistema acessado via web.

Tempo

O tempo de desenvolvimento e implementação de um sistema de MES pode levar meses e até anos. Com o uso do SaaS no chão de fábrica este lead time é reduzido para dias ou semanas.

Isso é possível, pois o SaaS não permite muitas customizações. É um software já pronto e desenvolvido para atingir as necessidades do maior número de clientes possível. A sua “implementação” passa somente pela configuração e cadastros de dados mestres no sistema e em seguida já é possível “sair usando”.

Riscos

Com todo o custo e o tempo empregados para implementar um sistema de MES, é natural que exista um grande risco envolvido no processo. Todo o investimento pode ir por água abaixo se alguma das fases de implementação for negligenciada ou houver falhas.

Já no modelo SaaS, como é cobrada uma taxa periódica para ter o acesso ao software. O cliente poderá cancelar o serviço a qualquer momento sem se preocupar com todo o passivo que um sistema de MES tradicional deixa para a empresa como: o hardware, preço alto de licenças e gastos com equipe de TI.

Assim, o cliente de um SaaS pode inclusive testar diferentes sistemas em sua fábrica antes de escolher o que melhor se encaixa com suas necessidades. O que seria impensável no caso de um sistema MES tradicional.

Hoje, o MES é viável para empresas de qualquer porte!

Impulsionada pelos avanços da tecnologia, a Indústria 4.0 vem quebrando paradigmas antigos da manufatura. Cabe às empresas, sejam pequenas ou grandes, estarem atentas ao que pode ser aplicado dentro da sua realidade.

O MES já foi um sistema caro e burocrático de se desenvolver e implementar, indicado somente para empresas grandes que pudessem “bancar” este desenvolvimento.

Com o uso do SaaS no chão de fábrica e computação na nuvem, o MES se tornou um sistema mais acessível. Mais empresas tem acesso e se beneficiam das vantagens do MES sem a necessidade de grandes investimentos e com um risco muito menor.

 

Ficou interessado em implementar um sistema SaaS no chão de fábrica? A HarboR possui um produto de SaaS MES na nuvem que pode atender as suas necessidades! Entre em contato e conheça!

 

Você também pode gostar de ler:

Formado em Eng. de Controle e Automação pela UFSC e Administração pela UDESC, trabalha desde 2013 na HaboR com o desenvolvimento e implantação de sistemas MES.

One comment on “O MES cabe no seu orçamento com o uso do SaaS

  1. Guilherme Santos , on Mar 22, 2018 at 16:12 Responder

    Samir, parabéns pelo artigo! Um abraço de toda a equipe do site Automação Industrial. 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cancelar